fbpx

Veja 4 dicas para fazer uma gestão de compras e estoque eficiente! 2 meses ago

Conhecer um pouco mais sobre gestão de compras e estoque pode ser interessante para a sustentabilidade do seu comércio no longo prazo. Definir um planejamento financeiro, usar a tecnologia como otimizadora de tempo e saber aproveitar melhor os seus clientes são opções viáveis e efetivas. A transformação digital gerou mudanças significativas nos modelos de negócio e é preciso se manter atualizado.

Os departamentos de aquisições e suprimentos são muito relevantes para o seu core business. Compreender as rotinas por trás de um sistema ERP é legal também. Isso dará uma visão mais clara sobre como automatizar os seus processos e evitar problemas futuros. Ficou interessado no assunto? Então, conheça as 4 dicas para uma gestão de compras e estoque eficiente. Boa leitura!

O que é gestão de compras e estoque?

Trata-se de um conjunto de rotinas para que o gerenciamento de estoque da sua empresa esteja preparado para as demandas dos seus clientes. O intuito é prever os eventos relevantes e conseguir aproveitar as brechas do mercado sem custos excessivos e riscos desnecessários.

Por exemplo, com um sistema ERP, você pode analisar os seus históricos de vendas e criar ações de promoção para datas especiais, como dia dos namorados e dia das mães.

Como fazer uma boa gestão de compras e estoque?

1. Tenha um bom controle dos seus produtos

É preciso conhecer os seus produtos. Determinadas variáveis, como data de validade, quantidade de trocas, valor do ticket médio e taxa de conversão, são muito relevantes para que você visualize quais são os itens mais rentáveis ou problemáticos da sua loja. Com isso, é possível manter um estoque mínimo e conforme as demandas reais dos seus clientes. O Big Data no varejo é uma tendência, e isso também se aplica ao seu comércio.

2. Faça projeções de uso

Os produtos têm um ciclo de vida na mão dos consumidores. Conhecer melhor esses detalhes permitirá projeções de uso mais acertadas e estratégias para que seu cliente compre de novo na sua loja. O ERP é um facilitador disso tudo pois processa as informações das vendas e gera insights para a tomada de decisões. Assim, é viável ter uma visão do custo real do seu empreendimento.

3. Conte com fornecedores de qualidade

Os fornecedores são um ponto de apoio para a sua loja se manter em operação. Uma parceria é uma opção interessante para aumentar o faturamento e contar com a experiência de outros profissionais. Os softwares de automação comercial conseguem registrar com detalhes as informações sobre suas compras, vendas, trocas e insumos em estoque. Com isso, é possível avaliar quais são os melhores cenários no seu mercado.

4. Faça orçamentos

Os orçamentos descrevem os itens e custos envolvidos na entrega de um produto. O intuito é se planejar e não assumir gastos em excesso. Com a ajuda dos sistemas ERP, é possível melhorar o desempenho em vendas, controlar comissões e armazenar dados relevantes sobre os históricos da sua loja. Assim, a tecnologia se torna mais uma aliada do seu negócio.

Muito bem, essas foram as 4 dicas para uma gestão de compras e estoque eficiente. Você pode perceber que o ERP é um facilitador para identificar os melhores produtos, cadastrar os seus fornecedores e visualizar o timing ideal para novas compras. A escolha das tecnologias de apoio ao seu negócio exige conhecer bem as funcionalidades fornecidas, o orçamento estimado e a aderência aos objetivos da sua loja. Gostou do artigo? Então, entre em contato e veja como o WM10 pode ajudá-lo!





Fique antenado sobre as Novidades

Não enviaremos spam!