fbpx

Fique por dentro das principais diferenças entre ERP e CRM 4 semanas ago

Os resultados obtidos na área de TI em 2019 mostram que o setor está ganhando espaço em pequenas e grandes empresas. O foco? Automatizar processos e implantar tecnologias, como ERP e CRM, para otimizar a rotina operacional.

De acordo com a pesquisa Transformação Digital: uma análise nas empresas brasileiras, divulgada pela MJV, 81% dos entrevistados líderes de empresas afirmam que já estão digitalizando seus processos.

Se você não quer ficar para trás, precisa se juntar à estatística, e nós vamos ajudá-lo com este artigo, que explica tudo o que você precisa saber sobre ERP e CRM, suas principais diferenças e como trabalhar com os sistemas em sua empresa. Vamos lá!

O que são os sistemas ERP e CRM?

A principal função do ERP (Enterprise Resource Planning ou, em português, Planejamento de Recursos Empresariais) é automatizar os processos referentes à gestão interna de uma empresa. Ele integra atividades comerciais e leva sincronia aos departamentos, reduzindo custos e democratizando o acesso às informações.

Já o CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) tem como objetivo otimizar a relação entre a empresa e o cliente. Isso significa que o sistema opera com base na coleta e na sistematização de dados sobre os consumidores do produto ou serviço. A partir daí, as organizações podem traçar perfis, entender as necessidades dos consumidores e mitigar eventuais falhas no processo de vendas, do pré ao pós. 

Como o ERP e o CRM funcionam?

O sistema ERP existe para proporcionar às empresas uma gestão mais profunda do negócio. Ele é composto por módulos e utiliza diversos dados de forma integrada. Por meio do sistema, é possível controlar o estoque, gerar notas fiscais, fazer fluxo de caixa, ter controle de inadimplências, fazer correção de erros, manter a integração de lojas físicas e virtuais, entre outros. 

Para possibilitar um melhor relacionamento com os clientes, o CRM dispõe de uma série de funcionalidades que auxiliam na organização de processos, possibilitando um melhor alinhamento da equipe e um atendimento otimizado ao consumidor.

Além disso, o sistema disponibiliza algumas funções, como controle de contatos, gestão de campanhas, gestão de interação e suporte ao cliente. 

Quando são utilizados?

O sistema ERP deve ser utilizado quando a empresa constata que a falta de integração entre os setores está prejudicando a gestão do negócio, seja ele físico, seja ele virtual. Em geral, nesse momento, também são identificados outros fatores de alerta, como baixa produtividade e falta de alinhamento das equipes com as informações estratégicas e táticas do empreendimento.

Por outro lado, o CRM deve ser implantado quando o relacionamento com o cliente não estiver satisfatório ou quando a empresa não conseguir monitorar as etapas da jornada de compra.

Quais as diferenças entre ERP e CRM?

Em suma, as diferenças entre ERP e CRM dizem respeito à finalidade dos sistemas. Como mencionamos acima, cada um deles tem um direcionamento específico com relação aos processos empresariais. Abaixo, listamos mais algumas diferenças entre as duas ferramentas:

  1. foco: enquanto o foco do ERP é abrangente e toca toda a integração de processos internos, o CRM é focado e busca facilitar a relação com o cliente;
  2. momento de implementação: o momento de implementação de um ERP tem relação com a falta de sinergia entre os setores, enquanto, com o CRM, o momento de implementação diz respeito ao relacionamento (ou à falta dele) com o cliente;
  3. geração de ganhos para a empresa: um negócio que implementa um ERP ganha em produtividade, fluidez de processos, economia de recursos e otimização do tempo. Com um CRM, os ganhos estão relacionados à satisfação do cliente, a uma melhor monitorização de dados e a uma maior conexão entre o serviço oferecido e as necessidades do consumidor.

Após a leitura do artigo, ficou claro o quão importante é trabalhar com ambos os sistemas, ERP e CRM, certo? Para isso, é essencial contar com o apoio de uma empresa especializada, capaz de oferecer uma solução com integração entre ambos, proporcionando uma gestão complementar de dados.

O WM10 é um sistema em nuvem destinado ao gerenciamento de lojas físicas e virtuais. Conheça as funcionalidades do sistema e agende uma consultoria para traçar o melhor plano de ação para a sua empresa!





Fique antenado sobre as Novidades

Não enviaremos spam!